Em 1945, um grupo de moradores, do bairro, procurou o Bispo Dom Luiz Scortegagna, com o objetivo de fundar em Jardim América uma comunidade católica. Nesta ocasião, o Bispo determinou a realização de missões no bairro, acompanhada pelo Padre José Brasil (que era de origem alemã, na época capelão da Santa Casa de Misericórdia de Vitória).

As missões feitas de pregações, batizados e primeira comunhão, duraram cerca de 15 dias. O local dos encontros foi um armazém de abastecimento de cereais da C.V.R.D. (Companhia Vale do Rio Doce), na Rua Paraguai, hoje um posto de gasolina.

Concluída esta primeira etapa, neste mesmo ano foi celebrada a primeira missa em Jardim América, pelo Bispo Dom Luiz Scortegagna. A missa foi celebrada em uma garagem que pertencia a residência do Sr. Silvio Pádua, na Rua México nº 19, hoje Clínica Médica União Saúde.

Até o início de 1950, não havia lugar fixo. As atividades religiosas como reza dos terços e ladainhas, ora na garagem, ora na oficina de marcenaria do Sr. Pignaton, na Rua Chile. Neste mesmo ano, o Padre José Brasil foi nomeado Pároco de Cariacica, e passou a dedicar-se às nossa comunidade.. Ajudado pelos padres Getúlio Carlesso e Mazega, iniciou-se um amplo trabalho de catequese adulto e infantil,, preparando-se catequistas, fundando a Congregação Mariana, a Pia União das Filhas de Maria e o Apostolado da Oração.

Assim a Igreja “viva” estava formada. Os catequistas formados por congregados Marianos e Filhas de Maria passaram a desenvolver um trabalho nas comunidades de Campo Grande, Vera Cruz, Ferro e Aço, sitio Dª Tereza Rossi ( Bela Aurora ), Santa Catarina, Maria Preta, Caçaroca e Tanque. Na maioria das vezes estes longos percursos eram feitos a pé.

Vendo o crescimento da comunidade, a imobiliária Hugolândia doou dois terrenos de 300 m2 cada na Rua Venezuela, próximo à divisa com a Ferro e Aço. O Pároco José Brasil motivou a comunidade a comprar mais dois terrenos do mesmo tamanho, onde foi construída uma espaçosa Igreja de madeira.

Em 13 de setembro de 1953, o Padre José Brasil, então pároco de Cariacica, reuniu-se com os padres José Amoriello e Sebastiano Tirino para prepararem a chegada dos demais padres passionistas em Jardim América. No dia 15 de outubro foi celebrada a primeira missa na Igreja de madeira dedicada a São Jorge, situada na rua Venezuela, em Jardim América, pelo Padre José Amoriello, nomeado dois dias depois como pároco de Cariacica e do distrito de Argolas. Neste mesmo ano, com coragem e ardor missionário os Passionistas compraram uma quadra de terreno limitado pelas Ruas Bolívia, Venezuela e São Paulo da Cruz para edificarem a sua obra.

Em 14 de julho de 1954, o Bispo do Vitória Dom José Joaquim Gonçalves criou a Paróquia Santa Maria Goretti, Virgem e Mártir, desmembrada da Paróquia de Cariacica, com sede em Jardim América e nomeou o primeiro pároco Pe. Ambrozio Marafiota.

Ao completar 60 anos de sua instalação canônica, a Paróquia Santa Maria Goretti é composta por 13 comunidades.